quinta-feira, 15 de novembro de 2018

Notícias

Estelionatários voltam a aplicar o golpe do cartão e aposentado tem prejuízo de mais de 15 mil

Um aposentado de 76 anos, morador na Rua 18, centro da cidade, também foi vítima de estelionatários que estão aplicando golpes e tomando posse de cartões bancários das vítimas, e teve um prejuízo de mais de R$15.000.00 em compras indevidas em seu cartão.
Segundo consta, no dia 30/10, por volta das 15 horas, a vítima recebeu uma ligação, onde uma pessoa que se apresentou como “Felipe Santos”, afirmou ser funcionário do banco em que a vítima é cliente, perguntou-lhe se a vítima estava realizando alguma compra com o seu cartão no valor de R$5.999,33, em uma loja na cidade de São José do Rio Preto. A vítima, obviamente, não confirmou a suposta compra afirmando ainda que desconhecia a procedência da mesma, e então o estelionatário disse que ele deveria entrar em contato com o 0800, para providenciar o bloqueio de seu cartão, vindo a informar a vítima o número em que o contato deveria ser feito.
Entre os números que lhe foi fornecido, a vítima conseguiu falar em apenas um, e o atendente pediu que o aposentado informasse seus dados pessoas e os dados do cartão, lhe fornecendo um protocolo e ressaltando que se tratava de uma ligação confidencial, a qual estava sendo gravada e que o cartão da vítima havia sido bloqueado.
Em continuidade ao falso atendimento, o estelionatário explicou para o aposentado que ele deveria redigir uma carta, de próprio punho, informando sobre os fatos, pois a carta e o seu cartão bloqueado seriam enviados para a Polícia da cidade de São José do Rio Preto, e para isso um funcionário do banco iria até o apartamento onde a vítima reside e pegaria a carta e o cartão.
Instantes depois, esteve na residência da vítima uma pessoa que se identificou como Gilmar Silva de Lima, e a ele foi entregue o envelope com a carta e o cartão da vítima, tendo ele deixado o local logo em seguida.
Acontece que depois de tudo isso, a vítima tomou conhecimento de que naquela mesma data, entre as 16 e 18h15, foram efetuadas várias transações com seu cartão, totalizando R$15.260.10.
Ao manter contato com sua agência, a vítima tomou conhecimento de que havia caído em um golpe, sendo então providenciado o bloqueio do cartão.

Compartilhe: