quarta-feira, 24 de abril de 2019

Notícias

Delegado diz que ex-secretária e marido podem responder por quatro crimes

Casal pode responder pelos crimes de organização criminosa, peculato, corrupção passiva e lavagem de dinheiro

De acordo com o delegado Rafael Domingos (foto), assistente de Seccional de Barretos, a ex-secretária Adriana Nunes e seu marido Rafael Soprano, podem ser indiciados pelos crimes de organização criminosa, peculato, corrupção passiva e lavagem de dinheiro.
Porém, destacou o policial, que pelo entendimento do judiciário, pode ser que não sejam considerados que existam todos esses crimes, ou que sejam crimes diferentes. “Só para termos uma noção, o crime de peculato, por exemplo, tem pena de reclusão de até 12 anos”, disse.

Compartilhe: