sábado, 14 de dezembro de 2019

Notícias

“Alta na arroba do boi valoriza a produção do gado e preço da carne deve cair nos próximos dias”, destaca Leonel

“Se os frigoríficos reduzissem seus lucros para o comércio local, o preço voltaria ao normal”

Nós últimos dias, os consumidores brasileiros estão se deparando com a alta do preço do carne nos açougues e supermercados. O reajuste é reflexo da abertura do mercado de exportação para a China, que tem vários frigoríficos brasileiros habilitados para a venda da proteína animal.
O vice-presidente do Sindicato Rural do Vale do Rio Grande e presidente da Expô Barretos, Nestor Leonel, afirmou que para o setor da pecuária o reajuste da arroba é uma notícia muito boa, já que o preço está defasado há alguns anos e a produção é muito cara. “Há muito tempo não tem uma valorização da arroba e com essa abertura do mercado da China, ajudou o produtor a vender o gado, porque os frigoríficos têm o compromisso dessa exportação”, destacou Nestor.
Segundo Nestor, essa ação do Governo Federal está fortalecendo o comércio, a indústria e a balança comercial, contudo com relação ao preço da carne para o consumidor final deverá ter queda nos preços. “Eu acredito que em breve o preço da carne volte ao normaldela e que não afete o bolso”, explicou.
Atualmente, o Brasil tem 222 milhões de cabeças de boi e segundo o pecuarista Nestor Leonel, mercado interno não é capaz de consumir toda essa produção.

Compartilhe: