terça-feira, 16 de outubro de 2018

Notícias

Agressões já causaram internações de 30 pessoas em Barretos

Entre as vítimas, estão quatro crianças de zero a 14 anos
Dados disponibilizados pelo Departamento de Informática do SUS (Datasus) mostram que entre janeiro do ano passado e abril deste ano, 30 pessoas foram internadas em Barretos vítimas de agressões, com gastos de R$ 45.935,02, pagos pelo SUS, com valor médio de R$ 1.531,16 por procedimento.
Somente em 2017, o SUS desembolsou R$ 28.507,84 para o pagamento de 21 internações de vítimas de agressões, sendo registrado um óbito. Em média, cada vítima ficou no hospital por 3,9 dias.
No ano passado, as maiores vítimas foram pessoas na faixa etária compreendida entre 20 e 29 ano, com oito registros. Não houve vítimas entre os idosos, mas quatro crianças com idades entre menos de um ano e 14 anos foram internadas por causa de agressões.
Neste ano, o sistema público de saúde aprovou nove internações, pagando R$ 17.427,18 com despesas hospitalares, ou R$ 1.936,35 em média. Cada paciente ficou internado, em média, por 4,7 dias. Não foi registrada morte.
Nos quatro primeiros meses de 2018, a maioria das vítimas tinha entre 20 e 29 anos, com quatro internações autorizadas pelo SUS. Não houve internações de crianças neste período.
Juntando os dois anos, das 30 pessoas internadas por agressões, 12 estavam na faixa etária entre 20 e 29 anos, quatro entre 30 e 39, quatro (40 e 49 anos), três entre 50 e 59 anos, três entre 15 e 19 anos. Também foram quatro internações de crianças com menos de um ano e 14 anos de idade.

Compartilhe: