quarta-feira, 23 de Maio de 2018

Esportes

Zeca chora, diz que não joga mais pelo Santos 

Um dia depois de o atual presidente do Santos, José Carlos Peres, afirmar que o lateral-esquerdo Zeca abandonou o clube e teria de pedir desculpas para poder voltar a vestir a camisa do time, o jogador revelou nesta sexta-feira, em entrevista coletiva, que não mais defenderá a equipe da Vila Belmiro e até chorou ao revelar que sua mãe recebeu ameaças de morte, por telefone, de torcedores indignados com a postura do atleta em relação ao clube. O jogador moveu processo contra o clube na Justiça do Trabalho alegando atraso no recolhimento do seu FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) e, por meio de uma liminar obtida no final do ano passado, conseguiu rescindir seu contrato.

Compartilhe: