sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Esportes

Laterais do Palmeiras e Sassá podem pegar até 12 jogos de suspensão nesta quinta

Os laterais Mayke e Diogo Barbosa serão julgados nesta quinta-feira, às 14 horas, no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), pela expulsão na partida contra o Cruzeiro, na semifinal da Copa do Brasil, e podem desfalcar o Palmeiras por até 12 jogos. Ou seja, estariam foram do Campeonato Brasileiro, embora a punição, quando é elevada neste nível, acaba sendo reduzida depois. O atacante Sassá também será julgado.
O trio foi denunciado no artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que trata sobre agressão física. A suspensão prevista vai de quatro a 12 partidas. Sassá e Mayke foram denunciados por brigarem entre si e Diogo por ter dado um tapa no volante Lucas Romero.
O fato é que o técnico Luiz Felipe Scolari ainda não sabe quem vai escalar nas duas laterais do Palmeiras na partida de domingo, contra o Grêmio, às 16h, no Pacaembu, pela 29.ª rodada do Brasileiro.
Sem poder contar na esquerda com Victor Luis, que recebeu o terceiro cartão amarelo durante a vitória sobre o São Paulo, no último sábado, e terá de cumprir suspensão automática, Felipão espera pela recuperação de Diogo Barbosa, que não treinou na quarta-feira com a equipe na Academia da Barra Funda. O jogador sofreu pancada no tornozelo direito e continua em processo de transição da fisioterapia para os trabalhos no gramado. Na direita, Marcos Rocha será desfalque por até quatro semanas depois de ter detectada lesão na barriga da perna direita. Mayke, por sua vez, será julgado pela expulsão na Copa do Brasil, quando se envolveu em confusão com o cruzeirense Sassá. Se for punido, terá de cumprir a pena já no Brasileiro.

Compartilhe: