terça-feira, 19 de junho de 2018

Artigos

SEDEX

Bom Dia Barretos. O Sedex chegou, e chegou muito mais depressa do que se podia imaginar. Aqueles que apressadamente saíram às ruas para incentivarem a greve dos caminhoneiros devem, nesse momento, estarem atordoados com a fatura que acaba de chegar via Sedex. Até os caminhoneiros, que alardearam vitória com a queda do combustível, devem agora estar fazendo as contas. O que vou ganhar no frete com o diesel mais barato, vou deixar no supermercado com os preços inflacionados e ainda vai faltar algum.
Sim porque a tal greve conseguiu acordar a inflação adormecida e agravar a vida do povo brasileiro. Infelizmente, confundiram democracia com anarquia e liberdade com liberalidade inconsequente. Conseguiram parar o país e, com a paralisação, os investidores se recolheram, as bolsas despencaram, o dólar disparou.
A você, que nesse momento deve estar pensando: e eu com isso! Não compro dólar, não invisto na bolsa nem sou investidor, devo esclarecer que tudo que se produz na agricultura, depende de insumos a preços de dólar, bem como nosso combustível. O transporte fica mais caro, a produção também, e quem sofre com isso, somos nós consumidores.
Claro que todos nós estávamos, como estamos, com um grito na garganta contra os desmandos que estamos vendo. A pergunta então é: esse é o remédio? Não, claro que não, não é o remédio, e se fosse, teriam exagerado na dose. Será que não podemos perceber que por trás de tudo isso, existem pessoas interessadas em criar o caos, e com ele trazer benefícios eleitorais para determinas facções?
Até quando continuaremos sendo movidos pela emoção em detrimento da razão? Para esses, quanto pior melhor, mas e para nós população, é isso que almejamos? Ao tentarem de qualquer maneira atingir o governo e o presidente Temer, o que estão em verdade fazendo, é inviabilizar a retomada do desenvolvimento, o controle da inflação e a retomada de criação de novos empregos? Será que não somos capazes de entender isso, ou estamos envenenados pelo sentimento de ódio e rancor, que de uns anos para cá vem sendo pregado diuturnamente à sociedade brasileira.
Mais uma vez é o povo, e o povo mais humilde que vive de salário mínimo ou coisa parecida, que sai atropelado pela greve dos caminhoneiros. Ou damos um basta a esse descalabro ou devemos nos preparar para os próximos Sedex, que podem vir com noticias ainda mais trágicas.
Vamos acordar para a nossa realidade , todas essas manifestações escondem interesses particulares ou de grupos, e nós não podemos nos deixar ser levados pela emoção ou palavras de ordem, apenas como massa de manobra desses pseudos líderes, verdadeiros anarquistas que buscam de todos os jeitos infelicitar a nação. Pensem nisso e tenham um feliz final de semana.
BOM DIA BARRETOS.

Compartilhe: