segunda-feira, 19 de Fevereiro de 2018

Artigos

Se você quer que Deus visite a sua casa, ame!

Quando a gente ama, a gente experimenta Deus. E, aliás, a única maneira que nós temos de experimentar Deus é amando. Por isso que o mundo, as nossas casas, as nossas famílias andam tão sem Deus, sem amor.
Deus hoje quer nos dar a graça de amar, de partirmos para o amor, de nos decidirmos a amar, porque todo aquele que ama nasceu de Deus, o conhece e experimenta.
Quem não ama não descobriu a Deus. Mesmo que tenha conhecimentos intelectuais a respeito de Deus, mesmo que leia livros a respeito de religião, que faça cursos, teologia, se não ama, não tem a experiência de Deus. É a palavra de Deus que diz: “Quem não ama, não chegou a conhecer a Deus, pois Deus é amor” (I Jo 4,8).
Para que Deus permaneça conosco, nas nossas casas, é preciso que nos amemos. É necessário alguém começar, pois não podemos esperar que os outros amem para nós amarmos. Deus está nos dizendo que nós precisamos tomar a iniciativa! Se você conhece a Deus, tome a iniciativa.
O mundo está ficando cada vez mais seco, árido, um deserto. E isso está chegando às nossas casas, acontecendo nas nossas famílias. Esse deserto, essa secura, essa geleira, está acontecendo nos casamentos.
Não espere os outros amarem para você começar. “Risque seu palito de fósforo”! Se já está tudo escuro na sua casa, na sua família, acenda você o seu palito de fósforo. Onde existe amor entre as pessoas, Deus aí está. Se você quer que Deus visite e permaneça na sua casa, ame!

Monsenhor Jonas Abib
Fundador da Comunidade Canção Nova

Compartilhe: