segunda-feira, 25 de junho de 2018

Artigos

Retiro Espiritual diocesano é motivado por profundo silêncio

A Comissão Diocesana da 5ª Urgência “Igreja a serviço da vida plena para todos” promoveu no domingo (04), no Educandário Sagrados Corações, um retiro espiritual para agentes de pastorais, movimentos e instituições sociais. O tema central foi o lema da Campanha da Fraternidade deste ano “Vós sois todos irmãos” (Mt 23,8).
Segundo a assessora diocesana desta comissão, irmã Maria Bernadete Meneghelo, logo na oração inicial os participantes, cerca de 50, foram motivados a passar o dia em profundo silêncio. “Nós começamos com a oração da manhã pedindo silêncio, silenciando o coração, a boca, para alargar os ouvidos e poder ouvir Deus que nos fala através do coração”, disse.
O retiro contou com a presença do bispo diocesano, Dom Milton Kenan Júnior, que falou com os presentes sobre a importância e o papel do leigo na vida da Igreja e deixou citações bíblicas para que refletissem durante todo o dia. A metodologia utilizada no evento foi o da Lectio Divina que é meditar, contemplar, ruminar a Palavra de Deus, ou seja, perceber o que Deus fala por meio daquele texto bíblico trazendo-o para a nossa realidade.
Os participantes participaram ainda de uma dinâmica que refletiu sobre a oração e um momento de Adoração ao Santíssimo Sacramento orando pelas diversas realidades sofridas como os imigrantes, as drogas, desavenças familiares, crianças e idosos abandonados. O padre Luís Fernando, chanceler do bispado, presidiu a Eucaristia encerrando o retiro com o rito de envio dos participantes para irem ao encontro do povo sofrido.
Esta urgência, “Igreja a serviço da vida plena para todos”, consiste na dimensão social da evangelização cujo objetivo é defender a dignidade da vida em todos os âmbitos, desde o nascimento até a morte natural. Este é o sentido da vida plena para todos, sem distinção de raça, credo, gênero e idade.

Compartilhe: