quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Artigos

Perfil do episcopado: 309 bispos estão na ativa e 169 bispos são eméritos

O Prof. Dr. Fernando Altemeyer Junior, do Departamento de Ciência da Religião da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, realiza há mais de 20 anos um trabalho de atualização de estatísticas e nomes do episcopado brasileiro. Na última semana, depois do falecimento do bispo emérito de Aracaju (SE), Dom Luciano Duarte, ele apresentou novos números em seu perfil do Facebook, trazendo curiosidades:
Dos nossos 478 pastores, 309 bispos estão na ativa e 169 bispos são eméritos (aposentados).
Em 30 de maio de 2018, contamos 478 bispos católicos vivos no Brasil: 80 paulistas, 67 mineiros, 57 gaúchos, 42 italianos, 35 catarinenses, 23 paranaenses, 19 baianos, 19 cariocas, 14 espanhóis, 15 pernambucanos, 11 capixabas, 9 cearenses, 7 alemães, 7 maranhenses, 6 sergipanos, 7 alagoanos, 7 paraibanos, 7 poloneses, 6 potiguares, 2 norte-americanos, 3 piauienses, 3 belgas, 2 libaneses, 3 amazonenses, 3 paraenses, 2 goianos, 2 holandeses, 2 franceses, 2 malteses, 2 austríacos, 2 suíços, 2 portugueses, 2 tocantinenses, 1 uruguaio, 1 irlandês, 1 mato-grossense, 1 brasiliense, 1 paraguaio, 1 cabo-verdiano, 1 sul mato-grossense, 1 Acriano. Sem representantes no episcopado no momento: rondonienses, roraimenses e amapaenses.

Bispos de origem do clero diocesano e das congregações religiosas:
Cardeais brasileiros: 7 diocesanos e 3 religiosos.
Arcebispos: 41 diocesanos e 29 religiosos.
Bispos: 234 diocesanos e 165 religiosos.
– Portanto:
Os bispos vindos do clero diocesano são 281 pessoas: 59%
e os de congregações 197 pessoas: 41% do episcopado.
12 dioceses estão vacantes, ou seja, sem bispo.
Fonte: CNBB

Compartilhe: