quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Artigos

Movimento Equipes de Nossa Senhora promove encontro formativo

Nos dias 19 e 20 de janeiro, 26 casais das Equipes de Nossa Senhora (ENS) se reuniram no Santuário Nossa Senhora do Rosário para uma formação de casais coordenadores de Experiência Comunitária e Pilotagem.
O encontro contou com a assessoria do casal Eliana e Odelmo Serrano, da Diocese de São José do Rio Preto que também é responsável pela Região São Paulo Norte II (que a Diocese de Barretos pertence), além de casais de apoio à Experiência Comunitária Márcia e Edilson, e à Pilotagem Maria Inês e Daniel, bem como o casal responsável pelo Setor ao qual Barretos está inserido Marly e Márcio, e a presença dos padres Costante Gualdi e Ângelo Furnari.
A formação contou com orientações recebidas no Encontro Internacional das Equipes de Nossa Senhora que aconteceu em Fátima (Portugal), e que irão nortear as diretrizes do movimento para os próximos seis anos.
“Essas orientações estão resumidas em um livro intitulado “Vocação e Missão”, que vai ao encontro dos apelos do Papa Francisco para uma Igreja em saída, onde os casais equipistas são chamados a viver a missão, engajando-se em pastorais e movimentos, especialmente aos ligados à Família”, explicou Luciana.
A reunião contou ainda com missa, troca de experiências, trabalhos em grupo e enfatizou o Projeto Crescer no Amor que se trata de acompanhamento de casais que coabitam (vivem juntos, mas ainda não possuem o sacramento do matrimônio). “É um projeto muito interessante, em que somos chamados a amar mais nossos irmãos e ir ao encontro deles. Atualmente em Barretos foi formado um grupo e está em andamento”, destacou a coordenadora diocesana.
Atualmente, Barretos possui 10 equipes formadas (de cinco a sete casais com o auxílio de um sacerdote ou acompanhante espiritual em cada equipe) e três novas experiências comunitárias em andamento.
O movimento das ENS é um movimento de espiritualidade conjugal católico, leigo e constituído por casais que buscam no Sacramento do Matrimônio um ideal de vivência cristã. A Experiência Comunitária é uma catequese que o movimento proporciona aos casais, e é uma iniciação à vida cristã e à vida em comunidade. Já a Pilotagem trata-se de uma iniciação ao movimento das ENS, onde pode-se conhecer sua mística e seu carisma, que inspirou o fundador Pe. Henri Caffarel. Nas duas etapas faz-se necessário o acompanhamento de um casal equipista, por isso a importância desta formação.
No mês de março, o movimento comemora 10 anos de existência em Barretos.

Compartilhe: