quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Artigos

Missão: a Boa-Nova para todos

O mês de outubro se aproxima e somos chamados a prestar atenção no chamado que o Papa Francisco está fazendo a todos os batizados. Ele proclamou outubro deste ano como o Mês Missionário Extraordinário com o objetivo de “que todos os fiéis tenham verdadeiramente a peito o anúncio do Evangelho e a transformação das suas comunidades em realidades missionárias e evangelizadoras, e aumentem o amor pela missão, que é uma paixão por Jesus e, simultaneamente, uma paixão pelo seu povo” (Carta do Papa Francisco ao Cardeal Filoni, 22/10/2017).
Para reavivar os propósitos do Batismo em relação a missão da Igreja, o papa escolheu o tema “Batizados e enviados: a Igreja de Cristo em missão no mundo”. Esse tema está consonante aos apelos constantes que ele faz de uma em Igreja em saída, que vai ao encontro dos seus membros e necessidades anunciando a Boa-Nova, o Evangelho, Jesus Cristo ressuscitado.
Ao assumir a missão, como o ato de sair e ir ao encontro dos nossos irmãos e irmãs, é preciso compreender algumas dimensões fundamentais que esse compromisso apresenta: o encontro pessoal com Jesus vivo em sua Igreja nos sacramentos, na Palavra e na oração; o testemunho dos santos e santas, mártires e confessores da fé dispersos pelo mundo; a identidade missionária a partir da reflexão bíblica e teológica e ações concretas de compromisso especial com os mais pobres e de regiões distantes dos grandes centros populacionais.
Muitas vezes, as pessoas dão o primeiro passo, encontram-se pessoalmente com Jesus, e não vão adiante, fecham-se em si ou a um pequeno grupo e tomam o Senhor como uma propriedade privada. Mas, ao vermos a essência da nossa missão, percebemos que somos enviados a testemunhar a alegria da presença viva de Cristo no meio de nós e anunciar aos demais para que também compartilhem dessa alegria, da mesma fé e missão. O próprio Evangelho nos lembra isso: “As multidões o procuravam e, indo até ele, tentavam impedi-lo de as deixar. Mas Jesus disse: ‘Eu devo anunciar a Boa-Nova do Reino de Deus também a outras cidades, porque para isso é que eu fui enviado’” (Lc 4, 42-44).
Que neste mês de outubro possamos viver experiências missionárias para a transformação das nossas vidas e comunidades. Peçamos ao Senhor, pela intercessão da Virgem Maria e dos padroeiros da Missão, Santa Teresinha do Menino Jesus e São Francisco Xavier, que nos ilumine para sempre querermos assumir a missão de batizados, de viver e anunciar a Boa-Nova.

Matheus Flavio da Silva
Seminarista

Compartilhe: