sábado, 24 de agosto de 2019

Artigos

LIÇÕES DE CRISTO

Bom Dia Barretos. Estamos em plena Semana Santa, momento ideal para uma introspecção e para recolhermos as lições de Cristo em sua passagem terrena. Poderia ter chegado à Terra flutuando no ar, poderia dominá-la com um simples gesto, mas aqui aportou, como todos nós, através de uma gravidez e um parto, ocorrido numa manjedoura.
Maior exemplo de humildade era impossível de ser dado. Mas, a maior lição de vida que nos deixou, ocorreu na Semana Santa. Chegou à Jerusalém, no Domingo de Ramos, com as ruas cobertas por ramos, aplaudido e ovacionado pela multidão.
Sabia de tudo que iria ocorrer, mas aceitou ir para o sacrifício, a fim de nos resgatar do pecado original, e assim, reabrindo-nos a oportunidade, de um dia, retornarmos ao plano espiritual, à casa do PAI com as bênçãos do Senhor.
Sabia que estava sendo ovacionado pela mesma multidão, que quatro dias depois, pediria a sua cabeça. Quis nos mostrar que não devemos nos empolgar com as glórias mundanas, que não resistem à menor brisa, para mudar de direção.
Foi julgado e condenado injustamente, poderia ter reagido, mas não o fez, para nos ensinar que, nem sempre, as decisões judiciais são justas e corretas, mas devem ser respeitadas para que, não se instale a desordem e a barbárie.
Não devemos também nos envaidecer com o poder, que muitas vezes corrompe e deturpa decisões, não devemos nos tornar servos da ganância, não devemos ser envolvidos pelos prazeres mundanos que a nada nos leva.
Sabia que seria traído, injuriado, açoitado, crucificado e morto. Quis nos dizer que a vida nos açoita frequentemente, mas precisamos ter fé para superar esses momentos difíceis, que seremos muitas vezes traídos, mas que precisamos saber perdoar, que seremos injuriados, mas um dia a verdade virá à tona, muitas vezes nos baterá o desespero e aí, relembrando da Paixão de Cristo, buscar forças no fundo da alma para persistir em nossa caminhada.
Mas sabia também, que ressuscitaria no Domingo de Páscoa para subir gloriosamente à casa do Pai. Quis nos ensinar que é através da morte que chegaremos à vida espiritual e ao reino de DEUS.
Não devemos nos ater ao Cristo crucificado, mas sim ao Cristo vitorioso, que venceu as tormentas mundanas, por amor a nós, e seguir o seu exemplo, deixando de lado as amarguras e as decepções, perdoando nossos desafetos e continuar nossa caminhada vitoriosa, amando nossos semelhantes como DEUS nos amou, para um dia sermos recebidos na vida espiritual, como verdadeiros filhos de DEUS.
Feliz e Santa Páscoa meus irmãos. Que prevaleça sempre em suas casas o exemplo de amor e fé que nos deixou a Sagrada Família: Jesus, Maria e José.

BOM DIA BARRETOS.

Compartilhe: