terça-feira, 22 de janeiro de 2019

Artigos

A INFLUÊNCIA DA FILOSOFIA NA PRÁTICA DO CONTEXO EMPRESARIAL

Entre tantos textos e reflexões, aos que questionam de que forma a filosofia pode contribuir, positivamente, para a elaboração e a possibilidade de um trabalho e uma vida melhor, quero fazer uma pequena análise. Filosofia é uma palavra grega criada pelo Filósofo Pitágoras (em grego antigo: Pythagóras ho Sámios – trad.: “Pitágoras Samiano”, ou simplesmente Samos, foi um importante matemático e filósofo grego. Nasceu no ano de 570 a .C na ilha de Samos, na região da Ásia Menor (Magna Grécia). Provavelmente, morreu em 497 ou 496 a.C em Metaponto (região sul da Itália). Composta por duas outras: philo e sophia. Philo deriva-se de philia, que significa amizade, amor fraterno, respeito entre os iguais. Sophia quer dizer sabedoria e dela vem à palavra sophos, sábio. Assim a filosofia indica um estado de espírito o da pessoa que ama, isto é, deseja o conhecimento, o estima, o procura e o respeita. Pitágoras de Samos teria afirmado que a sabedoria plena e completa pertence aos deuses, mas que os homens podem desejá-la ou amá-la, tornando-se filósofos. Segundo Cortella (2014) Filosofia consiste no estudo de problemas fundamentais relacionados à existência, ao conhecimento,  à verdade, aos valores morais e estéticos, à mente e à linguagem. Filósofo é um indivíduo que busca o conhecimento de si mesmo, sem uma visão pragmática, movido pela curiosidade e sobre os fundamentos da realidade. Quando questionamos, “Será que há razão em tal argumento?”, queremos, com esse pergunta, encontrar a verdade de tal afirmação. A palavra “razão”, que vem de racional, nos mostra que buscamos as verdades segundo nossa consciência, empiricamente.
Trazendo a filosofia para a prática do dia a dia das empresas, entre tantos questionamentos, pensamos em alguns como:
O que é uma empresa?
O seu objetivo é realmente ter lucro?Já que o lucro é o benefício direto que o negócio gera em sua realização, que malefícios poderia causar quando outras questões estão envolvidas?
Na análise do “organismo empresarial”, destacamos funcionários, fornecedores, colaboradores. Nesse aspecto, como será o relacionamento que sua empresa estabelecerá com eles?
De que forma eles também poderão se beneficiar de sua lucratividade?
Quais os limites que você deverá impor ao seu próprio negócio quando este interferir negativamente na vida de pessoas?, direta ou indiretamente…
Você agirá na informalidade ou realizará todos os trâmites para que sua empresa se enquadre na lei de seu país, por quê? Você quer crescer, até quando, quanto e para que?
Quais estratégias adotará para ir adiante em seu mercado?, de que forma vencerá os concorrentes?, há limites para o seu sucesso?, há limites para prejudicar um concorrente?
Em um mundo onde milhares de informações nos chegam mastigadas todos os dias, a promoção do pensar talvez não te soe tão atrativa, mas esteja certo que te proporcionará resultados mais eficientes em todas as áreas que aplicar seu conhecimento.
Dentro das empresas e carreiras, com a finalidade de promover questionamentos e por conseqüência, gerar soluções, a filosofia será sempre um fator de vantagem competitiva para os que a aplicam.
Através de respostas mais prudentes e coerentes, em todas as situações, você tem no conhecer a possibilidade para viver de forma mais consciente, exercendo práticas que se relacionam a vida, em seu próprio trabalho.
Aplicar a filosofia no teu dia a dia não te oferecerá conhecimentos inquestionáveis, saberes ilimitados ou verdades absolutas, mas será um novo mundo com novas cores, tons, iluminações, texturas e formas, partindo do princípio que saber buscar as respostas, elaborando melhor as perguntas, já é uma grande vantagem.
Encontrar sentidos, antes ocultos e aplicar em suas práticas, profissional ou existencial será sua porta de entrada para ser um profissional mais completo, preparado, consciente e, como conseqüência, com mais ganhos.

Prof. André Bastos. Faculdade Barretos
E-mail: prof.andrebastos@hotmail.com

Compartilhe: