sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Artigos

Igreja celebra hoje o 52º Dia Mundial das Comunicações Sociais refletindo sobre as “Fake News”

Juntamente ao Dia das Mães e ao dia de Nossa Senhora de Fátima, a Igreja celebra hoje o 52º Dia Mundial das Comunicações Sociais. O tema deste ano é “A verdade vos torna livres (Jo 8,32). Fake news e jornalismo de paz”.
A mensagem do papa foi divulgada no dia 24 de janeiro e articula quatro pontos em que ele pede aos homens e mulheres da comunicação que voltem aos fundamentos de sua profissão, ou melhor, à sua missão: “ser guardiões das notícias”.
Sobre as fake news, o pontífice fala que as notícias falsas “tornam-se frequentemente virais, ou seja, propagam-se com grande rapidez e de forma dificilmente controlável, não tanto pela lógica de partilha que caracteriza os meios de comunicação social como, sobretudo pelo fascínio que detêm sobre a avidez insaciável que facilmente se acende no ser humano”.
O Santo Padre diz ainda que “o melhor antídoto contra as falsidades não são as estratégias, mas as pessoas: pessoas que, livres da ambição, estão prontas a ouvir e, através da fadiga dum diálogo sincero, deixam emergir a verdade; pessoas que, atraídas pelo bem, se mostram responsáveis no uso da linguagem”.

Compartilhe: