terça-feira, 22 de janeiro de 2019

Artigos

Estratégias de uma cooperativa

A cooperativa é um grupo de pessoas que se unem com o objetivo de atender as necessidades econômicas da instituição, interessados na organização e na divulgação dos membros, bem como produzir algum bem ou serviço.
O cooperativismo surgiu na Inglaterra no século XIX (1.844) durante a Revolução Industrial, amenizando traumas econômicos e sociais tais como: condições insalubres de trabalho, extensa jornada de trabalho, crianças e mulheres utilizadas como mão de obra mais barata e trabalho mal remunerado.
No Brasil, o movimento cooperativista surgiu em 1.847, no Paraná, com o médico francês Jean Maurice Faivre que, com suas experiências inaugurou a primeira cooperativa com inspiração humanista.
Em Minas Gerais, na cidade de Ouro Preto em 1.889, foi fundada a primeira cooperativa agropecuária. Enquanto em Campinas – SP coube aos trabalhadores da Companhia Paulista de Estrada de Ferro criar a primeira no setor de consumo. Já a primeira cooperativa de crédito foi fundada no ano de 1.902 em Nova Petrópolis – RS denominada Caixa de Economia e Empréstimos.
Cada cooperativa tem sua particularidade descrita em estatuto social próprio, porém a estrutura formal é regulamentada pelo Governo Federal.
As cooperativas contribuem para a evolução dos seus associados em duas grandes dimensões. Dimensão econômica: melhoria da renda através da melhor disponibilidade do produto ou serviço do cooperado para o mercado consumidor. Dimensão social: inclusão social e disponibilização ao cooperado, de novos conhecimentos, além de aproximá-lo de uma rede de contatos com outros cooperados.
O cooperativismo pode ser desenvolvido em vários ramos: turismo, lazer, mineral, consumo, transporte, infraestrutura, saúde, produção, educacional, artesanato, habitacional, crédito, agropecuário e vários outros.
Os fundadores de uma instituição deixam marcas na história da empresa, um gestor atual pode mudar a cultura da empresa, dependendo do poder.
O cooperativismo uni as pessoas com objetivos comuns, favorece negócios, amplia iniciativas que constitui uma sociedade que acredita na força de sua economia.
Por meio das cooperativas as pessoas se organizam para fortalecer e defender objetivos de interesse comum e exercem grandes influência na região onde está instalada, principalmente no meio rural.
A cooperativa visa as necessidades do grupo e não do lucro, busca a prosperidade conjunta e não a individual, estimula o espírito de solidariedade gerando uma sociedade justa e harmoniosa.
O trabalho cooperativista nunca deve ser realizado por interesse próprio, mas sempre pelo interesse coletivo. Todos os cooperados têm iguais direitos e deveres.
Os cooperados assumem o papel de dono e usuário da instituição, sendo na maioria das vezes gestores também. O cooperado como gestor deve definir os objetivos e metas na participação econômica e operacional.
O clima e a cultura organizacional influenciam diretamente nas cooperativas, conhecendo e analisando o ambiente externo ao qual está exposta e o ambiente interno da instituição.
Estudos de clima são extremamente úteis, pois geram um relatório geral da instituição e é capaz de diagnosticar qual setor precisa de atenção especial e como melhorar.
O colaborador é o diferencial na instituição, é necessário comprometimento para alcançar os objetivos. Todos envolvidos devem trabalhar em equipe e cooperação.
É necessário capacitar, treinar, oferecer recursos para o colaborador desempenhar sua função na melhor forma e realizar o trabalho, visando prosperidade.
Quando há comprometimento, alegria e motivação do colaborador, o clima é bom. Já quando o clima organizacional é tenso, cheio de conflitos, rivalidades e discórdias, é muito ruim, pois afeta o desempenho do colaborador e predomina um ambiente negativo.
É comum encontrarmos colaboradores desmotivados no ambiente de trabalho, seja por motivos pessoais ou profissionais, isso interfere diretamente na produção e também no clima organizacional da instituição.
É papel do líder, manter a cooperação e amizade dos colaboradores no desempenho das tarefas.
Se o clima é favorável tende a aumentar a satisfação, já se o clima organizacional estiver desfavorável é bem provável que a desmotivação tende acontecer.
A cultura organizacional retrata a história da instituição, mostrando seus significados, ideologias, valores, crenças e normas e também o comportamento dos colaboradores.
A cultura organizacional interfere no comportamento dos colaboradores, determina como e o que deve ser feito, bem como o que deve ser evitado.
Uma cooperativa agropecuária criada na década de 70, boa localização geográfica, situada na região do triângulo mineiro, sendo considerada forte e tradicional bacia leiteira do país. Como pode auxiliar seus cooperados?
Transportar, do local da produção nas propriedades rurais para as dependências do laticínio os produtos de origem animal dos associados, coleta do leite.
Classificar, padronizar, armazenar, beneficiar a matéria prima, leite.
Desenvolver projetos de capacitação e qualificação para os cooperados objetivando melhorar a qualidade dos seus produtos com assistência técnica e gestão.
Adquirir no mercado local ou intermunicipal, por meio de convênios na medida do interesse social aconselhar, gêneros e insumos para o fornecimento a seus associados, tais como: medicamentos, defensivos, fertilizantes, ordenhadeiras, tanques de expansão.
Planejar visitas periódicas nas propriedades dos cooperados para conversar, levar notícias do setor agropecuário.
Promover feiras em parceria com criadores de animais de genética, visando a facilitação dos negócios e possibilitando a melhoria da qualidade dos plantéis dos cooperados.
Intermediar junto aos órgãos públicos para facilitar a comercialização direta dos produtos (feiras de touros e novilhas, transferência de embriões, torneio leiteiro).
O cooperado deve contribuir para o fortalecimento, participando das reuniões, assembleias, palestras e dos cursos de capacitação. Apresentar sugestões para o fortalecimento da cooperativa.

Ramayane Andrade Ferreira – Aluna da Pós Graduação da Faculdade Barretos
Mussa Jaber Moussa – Faculdade Barretos
Nadia Carvalho – Faculdade Barretos

Compartilhe: