segunda-feira, 18 de novembro de 2019

Artigos

Estou realmente vivendo com amor?

 

Muitos de nós precisam de cura interior porque ainda carregam ressentimentos, mágoas, desavenças, mal querer. Para que nós consigamos amar de todo o coração, Jesus ensina: “Ninguém tem amor maior do que aquele que dá sua vida pelos amigos. Vós sois meus amigos se fizerdes o que vos mando” (Jo 15.13-14).
Ele pede que nos amemos, este é o Seu mandamento: “Amai-vos uns aos outros, assim como Eu vos amei.” Se nos esforçarmos, então nós seremos amigos de Jesus.
Amar é uma luta, uma busca. Você conhece o livro “Pequeno Príncipe”? No planeta dele havia aquela planta que rachava o seu planeta, então todos os dias o pequeno príncipe ia e já arrancava as mudinhas que surgiam do baobá, porque do contrário o seu planeta ia se perder.
Meu amigo, meu irmão, é preciso fazer isso todos os dias! Há plantas de baobá dentro de nós e em muitas pessoas. O baobá já cresceu, está estourando a nossa vida, e a gente não se emenda. É preciso perdoar, acabar com os ressentimentos e as mágoas. A graça de Deus está aí para isso!
Busque a cura interior, alguém que reze por você, para que o baobá não venha explodir a sua vida. O senhor nos escolheu para a vida, a alegria, felicidade, a santidade. Quem luta pela santidade é feliz, apesar de todos os problemas que enfrenta no dia a dia.
Deus quer colher frutos de nós. Você precisa chegar no Céu com as mãos cheias de frutos colhidos nesta vida, por aquilo que você vive. É a grande graça que Deus tem para você: e “Que o vosso fruto permaneça!”
Quem está nessa luta recebe tudo aquilo que precisa. Se você não está recebendo, você precisa examinar-se: Eu estou realmente vivendo amor? Estou acabando com os baobás da minha vida? Acabando com os ressentimentos e mágoas?
Você não precisa ter conseguido tudo, mas se você está lutando vai conseguir, como diz o Senhor: “O que pedirdes ao Pai em meu nome, Ele vo-lo concederá” (Jo 15,16).
Monsenhor Jonas Abib
Fundador da Comunidade Canção Nova

Compartilhe: