quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Artigos

Dom Milton participa da 56ª edição da Assembleia Geral da CNBB

Tem início na quarta-feira (11), na cidade de Aparecida, a 56ª edição da Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Dentre os diversos assuntos, os mais de 300 bispos brasileiros refletirão como tema central as “Diretrizes para a Formação de Presbíteros”.
Recentemente, um grupo formado por bispos e peritos se reuniu na sede da CNBB, em Brasília, para consolidar o texto enviado aos demais prelados antes da assembleia.
A “Ratio Fundamentalis Instituitionis Sacerdotalis” é um dos documentos considerados pela equipe que concede pistas para a formação de seminaristas e do clero da Igreja. Publicado em 08 de dezembro de 2016, atualiza as orientações de 1985 e explicita às igrejas locais como realizar a formação dos futuros presbíteros e a necessidade de formação permanente.
Segundo o bispo auxiliar de São Paulo, Dom José Roberto Fortes, também membro da equipe preparatória do texto, os futuros padres devem ter um “coração semelhante ao coração de Cristo, o Coração do Bom Pastor”, além de serem “homens misericordiosos, que tenham espírito de serviço, se dediquem com todo seu ser a serviço da evangelização, tenham amor pelo povo, forme comunidades maduras e adultas na fé e colaborem com a graça de Deus para o advento do reino”.
Após a aprovação final pelo episcopado brasileiro em sua 56ª Assembleia Geral, o texto segue para o Clero do Vaticano para ser referendado e, assim, se tornar um documento da CNBB que orientará a formação de novos presbíteros no Brasil.
Dom Jaime Spengler, presidente da Comissão Episcopal Pastoral para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da CNBB e um dos responsáveis pela elaboração do texto, afirmou que o novo presbítero, a ser buscado pela Igreja no Brasil, necessita ter as seguintes características: “Homens verdadeiramente apaixonados pelo Evangelho do crucificado-ressuscitado, homens entusiasmados pela proposta do Reino e, por isso capazes, de se lançar generosamente no trabalho apostólico”.
O bispo diocesano de Barretos, Dom Milton Kenan Júnior, participa do evento que se estenderá até o dia 20. Os encontros acontecem no complexo do Santuário Nacional de Aparecida divididos entre reuniões no Centro de Eventos Pe. Vitor Coelho de Almeida e missas na Basílica Nacional.

Compartilhe: