terça-feira, 22 de Maio de 2018

Artigos

Deixemos o Espírito Santo agir

Durante toda essa semana, a liturgia do tempo Pascal nos coloca frente ao acontecimento do Pentecostes, onde Jesus, no seu discurso de despedida, diz aos discípulos que Ele irá partir, mas lhes será enviado o Espírito Santo, o Paráclito, o defensor; esse mesmo Espírito Santo que segundo o próprio Jesus transformará todas as tristezas em alegria.
No evangelho desta sexta-feira, Jesus faz algumas comparações como o exemplo da mãe que sofre, se angústia até o nascimento do seu filho, mas quando o mesmo nasce, a alegria reina na casa. Portanto, para sermos pessoas felizes e realizadas devemos deixar que o Espírito Santo transforme a nossa vida, compreender que o Pentecostes pode acontecer em todos os dias, não somente aquele que aconteceu com os apóstolos. Com isso, também nós seremos inundados por esse amor que brota de Deus e de Jesus. Apesar de todos nossos sofrimentos não devemos deixar de confiar nessa ação, e cada vez mais pedir para que o Espírito habite em nós, e que nos leve cada vez mais ao conhecimento e à Alegria de Deus! Em quem conhece e ama a Deus, a tristeza nunca faz morada!
Aproveito a oportunidade para também desejar a todas as Mães um fraternal abraço. Que Deus as cubra com sua proteção, e que a exemplo de Maria, sejam sempre abençoadas e amadas por Deus!
Pedro Henrique Lopes
Seminarista

Compartilhe: