quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Artigos

Barretenses participam da Jornada Mundial da Juventude no Panamá

Acompanhados pelo casal Rogério e Priscila Sopa, 23 jovens do Movimento Caminho Neocatecumenal participaram, de 22 a 27 de janeiro, no Panamá, da 33ª Jornada Mundial da Juventude (JMJ) que teve como tema “Eis a serva do Senhor; Faça-se em mim segundo a Vossa Palavra” (Lc 1,38).
O evento reuniu milhares de jovens de diversas partes do mundo para celebrar e aprender mais sobre a fé e a doutrina católica, além de compartilhar momentos de catequese, adorações eucarísticas, missas, momentos de oração, palestras, partilhas e shows em diversos idiomas.Esta foi a terceira jornada com a participação do Papa Francisco, a primeira foi em 2013, no Rio de Janeiro.
O jovem Enrico Lisbôa, de 17 anos, foi um dos participantes do movimento na Catedral de Barretos e disse que o caminho de preparação para estar no Panamá foi difícil. “Não foi fácil, mas nunca disseram que seria, foram muitas lutas, muitas provações, mas com o amor de Deus e muito ânimo tudo no final deu certo. Fizemos rifas, galinhada, bazar e o nosso tão querido semáforo (onde pediam doações aos motoristas). Muitas vezes nós pensávamos que não iríamos conseguir, mas conseguimos. (…) Terão aprendizados que irei levar dessa jornada para minha vida inteira. De moeda em moedinha nós chegamos na jornada!”, testemunhou.
Enrico agradeceu todas as pessoas que ajudaram com que o grupo pudesse participar do maior evento católico do mundo e principalmente a Deus por ter lhe dado essa oportunidade. “Nunca irei esquecer essa Jornada. Ela foi a primeira de muitas. Obrigado a todos! Que o nosso sim seja o sim de Maria!”, expressou.
Os jovens barretenses se somaram a outros jovens do movimento de Buritama e São José do Rio Preto, acompanhados por três casais responsáveis também do movimento e um padre. No total, o grupo tinha 60 participantes.
Nos anos intermediários, as Jornadas são vividas localmente, no Domingo de Ramos, pelas dioceses ao redor do mundo. Para cada Jornada, o Papa sugere um tema, retirado de um versículo bíblico. Assim, cada Jornada possui um hino baseado no tema, patronos, intercessores e um logotipo.
A primeira JMJ ocorreu no Domingo de Ramos de 1986, em Roma.

Compartilhe: