sábado, 24 de agosto de 2019

Artigos

AEROPORTO

Bom Dia Barretos. Aleluia, Aleluia, Aleluia. Depois de uma década perdida, que por longo tempo, comprometeu nosso desenvolvimento, finalmente, desponta uma luz no final do túnel, da novela que envolvia a situação de nosso aeroporto.
Explorado politicamente, com a promessa de um aeroporto internacional, depois como um terminal de cargas, depois com a mirabolante história de um grupo árabe que queria explorar nosso aeroporto, a novela ia caprichosamente, capítulo a capítulo, desenvolvendo seu enredo.
Assim, de versão em versão, de miragem em miragem, fomos perdendo aquilo, que com muito sacrifício e trabalho, gestões passadas foram conquistando passo a passo. Aqui, do microfone da Rádio Jornal, apelamos várias vezes, alertando para que não se praticasse esse desatino.
De nada adiantou, o municipalizaram, e com isso, foram retiradas, entre outras melhorias, o rádio de comunicação e a guarnição do Corpo de Bombeiros.
Por várias vezes, conseguimos que o governo aceitasse receber de volta a administração do aeroporto, que passaria para o DAESP. Sempre, as negociações esbarravam na falta de concordância da prefeitura. No final do ano passado, o governador em exercício, aqui em Barretos, assumiu o compromisso de receber de volta o aeroporto, mas, mais uma vez, a administração se omitiu. Agora, numa abençoada hora, o governador de São Paulo, visando ativar a economia do Estado, resolveu retirar parte do imposto sobre o combustível da aviação, exigindo como contra partida, o aumento de destino de voos para o interior. Barretos foi contemplada como um dos destinos.
Voltamos a clamar nesse microfone, que havia necessidade de recapear a pista e da ampliação de nossa estação de passageiros, para que a promessa se concretizasse. Lá se passaram mais dois meses sem que nada fosse feito.
O Governo de São Paulo, ciente de que “desse mato não sairia coelho”, resolveu, numa negociação com a administração municipal, receber de volta o aeroporto, contra o seu plano de terceirizar todos os aeroportos, para fazer as melhorias necessárias e, depois sim, transferi-lo à iniciativa privada.
Agora sim, acredito que Barretos poderá ser contemplada com voos, até diários, partindo e chegando em nosso aeroporto, pois demanda há, e certamente, as melhorias serão implantadas.
Parabéns aos governos estadual e municipal, e principalmente, à nossa cidade. Louvado seja DEUS.

BOM DIA BARRETOS.

Compartilhe: