quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Artigos

23º Dia Mundial da Vida Consagrada é comemorado com missa

Religiosos e religiosas de diversas congregações participaram no sábado (02), da missa presidida pelo bispo diocesano, Dom Milton Kenan Júnior, no Santuário Nossa Senhora do Rosário, em ação de graças pelo 23º Dia Mundial da Vida Consagrada.
A vida consagrada é o nome que a Igreja dá ao modo de vida de pessoas que deixam tudo para viver em restrito seguimento de Jesus na vivência dos votos de pobreza, castidade e obediência, para seguirem à serviço da evangelização, intercessão e promoção da dignidade humana. Estes são chamados pela Igreja de religiosas e religiosos, e os mesmos podem ser freiras, freis, monges etc., bem como padres religiosos (pois pertencem a uma Congregação Religioso ou Instituto e não padres diocesanos) ou ainda leigas e leigos consagrados (já que integram um Instituto Secular). Este são chamados ainda por irmãs e irmãos.
Dom Milton iniciou a homilia dizendo que todos os consagrados são muito importantes para a Diocese de Barretos: “A presença de vocês é muito importante para nós!”. Depois, recordou a figura do servo de Deus, padre André Bortolameotti, sepultado no santuário, que fora um padre religioso. “E a gente não tem como se esquecer do padre André que também foi religioso. Quanta ternura, quanta bondade, quanto cuidado! (…) Deus se serve disso para se manifestar. Deus não se serve de uma arma, Deus não se serve de força, Deus se serve da entrega, da dedicação que nós somos capazes de fazer para tocar o coração das pessoas!”, destacou.
A irmã LucelãineRibeiro, coordenadora do Núcleo Barretos da Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB), no final da missa, agradeceu os religiosos e membros dos institutos seculares presentes na celebração, pelo testemunho e vida doada pelo Reino, e disseque a celebração fora um momento de agradecer ao Senhor pelo dom da vocação de cada um deles. “Que grande presente, que grande dom, Deus nos deu, o dom da nossa vocação. O dom da nossa consagração”, disse e depois parabenizou os consagrados.
A freira terminou se referindo às palavras do Papa Emérito Bento XVI: “’Conhecer Jesus foi a melhor coisa que aconteceu na nossa vida. Segui-lo é a nossa maior alegria. E anunciá-lo, a nossa missão!’. Então, que nós possamos fazer dessas palavras a nossa vida, toda a nossa vida doada, todo o nosso entusiasmo para a construção do seu Reino. Por isso nos consagramos e assim vamos em frente com muita alegria. Onde há um religioso há alegria!”.

Compartilhe: